sexta-feira, 11 de abril de 2014



DOCE VENENO

Tu és meu doce veneno
Taça de cristal estilhaçada!
Eu te bebo, não fico saciada!
Sede que não se aplaca,
delícia pura, desejo insano,
vontade delituosa!

Os anjos me abandonam...
Nas mãos de loucos diabinhos
meu inferno em fogo queima!
Cometo todos os pecados
pra sentir prazer contigo!

Liz Rabello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você pode comentar...