segunda-feira, 14 de abril de 2014



AMOR VIRTUAL

Um pequeno lance
Uma fração de segundo
Meus dedos tocam a tela
Eu me abraço a imaginar
que seus braços me envolvem
Sua respiração ofegante!
Meu suor denunciante
Sinto tua presença mais que inquietante
Toco seu rosto sem querer
Que frio é este que me invade a alma?
Que calor é este que a telinha embaça?
Paradoxo da eternidade:
Quanto mais distante, mais perto de ti estou!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você pode comentar...