quarta-feira, 29 de janeiro de 2014




DESUNIÃO

Quando a gente se separa
fica uma fissura,
uma fresta,
onde passam todas as agulhas

onde vertem todos os desejos
fagulhas são ardências
agulhas são dormências
dores pontiagudas
latejam os sentidos
dominam pensamentos
martelam sentimentos
machucam corações!

Liz Rabello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você pode comentar...